domingo, maio 20, 2007

E começa o inferno astral


Eu acabo criando fases na minha vida para escapar do caos e implantar um pouco mais de ordem e disciplina no meu cotidiano ou para buscar respostas para minhas inquietações através destes períodos. Assim a quaresma pra mim é um tempo importante, e logo depois vem um outro, mais profano, mas igualmente importante-quando o sol entre no signo de gêmeos e eu entro no chamado inferno astral, período anterior ao meu aniversário.

Desde este domingo que esta fase inicia e eu, como sou do último decanato, ainda tenho muitos dias pela frente. Desta vez o período vem acompanhado do luto por perdas recentes, o que torna mais difícil as etapas a serem cumpridas, com mais nostalgias, lamentos e algumas tristezas. Já ando sentindo os reflexos deste tempo, pensando mais, longas caminhadas, tempo pra reflexão, avaliação, leituras. Em geral quando se fala em inferno astral se pensa num tempo de coisas ruins, mas é só pesquisar um pouco e se descobre que na origem se trata de uma fase de renovar energias. Quando o luto e o inferno astral se associam a renovação deve ser mais forte e profunda, por isto este período será especial, o que não significa que será fácil.

O renovar de energias sempre é precedido de um período de avaliação da fase atual da vida. Saber onde acertamos, erramos o que pode ser contornado, o que vale uma segunda chance. É um tempo de revisar o guarda roupa e ver o que não serve mais, de rever os livros na estante e saber o que é prioritário ser lido. A nostalgia sempre invade este tempo e não ser prisioneiro dela é uma batalha. Com o aniversário um novo período se inicia, e se tem a ilusão de que tudo vai se zerar como se a vida reiniciasse, quando que na verdade ela continua.

Eu sei que todas estas marcas de tempo são convenções que usamos para satisfazer a nós mesmos, sempre buscando uma resposta para nossas incertezas e um incentivo a mais para enfrentar nossos problemas. A renovação de energia se dá todo o dia, desde quando acordamos até a hora de dormir e continua no sono e nos sonhos. Mas quando se tem estes períodos como indicativos, criados na cultura, na tradição ou nas crenças individuais, parece que nos tornamos mais dispostos a viver as coisas que surgem daí. Por isto as resoluções de final de ano são tão presentes, o período de renúncia da quaresma é forte e o tempo de inferno astral é tão divulgado e cultuado.

Mas o fim de tudo isto é alegria de se comemorar mais um aniversário. No fim destes dias de inferno astral, eu ficarei feliz com a chegada da comemoração do dia que eu nasci que será, como sempre, comemorado como uma vitória e uma benção de vida. Para mim a cada ano de idade que se inicia, se renova o compromisso em ser melhor, em continuar evoluindo, em amar cada vez mais e em se abrir para o que à vida tem para oferecer, sem medos e sem barreiras.

11 comentários:

R Lima disse...

Meu Amigo...

A tão necessária renovação de energias é mais do que nunca a grande oportunidade de ganhar forças para continuar vivendo...

Consigo ser e ter em mim grandes renovações.. a cada dia e a cada momento.. sinto por vezes ter a cada postagem.

Estás a chegar ao dia mais importante da sua vida... e que cada um de nós o tem em si, mas a vc agora digo: usa este tempo que morre e nasce amanhã.. e depois de amanhã e depois... até o seu dia, para repensar em sua vida... e se derepente achar motivos para mudar, muda.. refaz o caminho e se prepara para mais um novo ano.

Espero comemorar o dia aqui com vc..

Abraços,



[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Diego Moretto disse...

Gostei do texto. Bom, apesar de não colocar muita fé nestes assuntos, acredito em parte. Achei legal que vc não levou o "inferno astral" ao pe´da letra, e ao contrario, fez-se satisfazer o verdadeiro significado. Bom, não sei se vc escreveu isso baseado na sua data de aniversário, mas se for, Parabens. seu blog é show de bola!

dougg disse...

EEEEEEEEEE!!! Viva a renovação, as mudanças e as reflexões! Viva os anos a mais, os períodos de introspecção e viva tudo o mais que faz crescer!!!

Te admiro por levar uma vida com tuas próprias regras e tempos. Hoje em dia é cada vez mais difícil conseguir viver desse jeito. Nesses tempos onde mesmo que não se queira, as coisas acabam nos empurrando e nos levando a viver a vida do jeito que um dia alguém quis q vivêssemos, és mesmo uma exceção!!!

Seria bom me disciplinar um pouco, mas no entanto, tu me conhece bem e sabe q pela minha natureza sou sinuoso feito ventania e ruim de dobrar como o ferro. Acho q preciso de mais uns anos de vida pra conseguir isso. Não seria nada mal!

beijão

claudia q. disse...

Então, again and again...
Esse papo de inferno astral é lenda popular, pq na astrologia mesmo não existe...o que existe é exatamente o que tu falas...um período de balanço e reorganização.Como diz tão bem a Clarice Lispector,o novo só surge do caos!
De qualquer forma, que Mercúrio te ilumine...sempre!

caio arroyo disse...

Muito interessante a sua visao, e legal essa ideia de sempre pensar em fases, eu tb faco o mesmo, penso na vida e vejo tudo q estou fazendo, otimo texto!

Som do Som disse...

O brigado por ter visitado meu blog!

Alex Costa disse...

Lindo (você não, pÔ o post),
e profundo (vc não, o post)!
rsrsrsrs

Falando sério, muito interessante esta sua maneira de ver as coisas.

Pelo seu aniversário, parabéns!

Abração

Polly disse...

Hum... Bonitas palavras! Eu nunca vi meus aniversários do modo como você vê.... Tlavez este ano seja diferente!


(www.pollyok2.zip.net)

Ana Karolina disse...

Olá! Eu também dou muita importância em renovar as energias, mas não dou muita atenção a datas estabelecidas, até porque eu nunca lembro delas...
Ter esse momento de reflexão, de escuridão (com seu lado bom e seu lado ruim) é bom, mas é como você disse: " A renovação de energia se dá todo o dia, desde quando acordamos até a hora de dormir e continua no sono e nos sonhos."
Eu também sou de criar fases na minha vida,mas queria que estas durassem menos...

Beijos

Anônimo disse...

Há pessoas que merecem presentes nos seus aniversários, e outras, assim como tu, que são o próprio presente... todos os meses... pra nós...pra mim. Feliz dia, todos os dias. Gosto de te querer bem.
Ligia B.

Alarcon disse...

Lee, tuas palavras sempre me fazem bem!!!

Adoro a forma como vc escreve e nos fazer sentir parte desse inferno, desse renascimento.

Não sei, se pelo fato de me parecer um pouco com você nesse aspecto mas, sinto que esse renovar de energias faz-me também viver por fases, entre alegrias, tristezas, descobertas e prazeres.

Descubra-se, sempre!!!

Bjos meu lindo!!!
Abraços