sexta-feira, junho 01, 2007

"Tu sabes bem quantas portas tem meu coração...”


A música “Doce de Cocô” de Jacob do Bandolim e Hermínio Belo de Carvalho foi imortalizada por timbres de vozes femininas como Elizeth Cardoso, Alaíde Costa, Miúcha, Luicana Souza, Nilze Carvalho, Zélia Duncan e Thalma de Freitas, até que Zé Luiz Maziotti gravou dando uma outra conotação à letra e abrindo espaço para maior divagação e reflexão. Há algum tempo um amigo me enviou e música e estava guardada num arquivo, quase esquecida. Revirando minhas coisas achei, ouvi e não consegui mais parar. O timbre casando com a melodia, a letra dramática narrando uma história de desespero total e busca de uma reconciliação a qualquer custo, mesmo abrindo mão da própria auto-estima, dos valores, de si mesma em busca de uma migalha de atenção do ser amado. Esteve ne trilha da novela Brilhante em 1981.


Uma das frases da musica explode “tu sabes bem quantas portas tem meu coração.” Esta me pegou direto, e me levou a pensar: será que é melhor ter o coração com uma porta só aberta em direção do sol do ser amado ou transformar o coração numa espécie de Edifício Copam com suas centenas de janelas. O amor é individual e personalizado, é foco de um só alvo ou pode ser distribuído em diferentes padrões, quantidades, categorias conforme o objeto do afeto? Quanta gente eu dividi bons momentos de risos, e compartilhei lágrimas, e hoje são amigos que eu amo muito. Gente boa que me ajudou quando precisei e onde eu encontrei braços abertos para abraçar sem julgamento, pessoas a quem posso contar minhas angústias e fracassos e com quem divido as vitórias e conquistas. Passei já memoráveis momentos com pessoas queridas, divagando numa noite em meio a fumaça e a taças que se esvaziavam. Ligam preocupados com a saúde, o humor, os obstáculos. Desejam boa viagem, dão parabéns, rezam por mim e me inspiram boa sorte. É um povo presente que dá apoio na hora da pouca grana, da falta de perspectivas, da carência de emprego, do abandono, da solidão. Dormi no ombro, agarrei a mão na hora do medo, senti saudades, liguei no meio da noite. A estes todos eu amo e os tenho ocupando cada janela do meu coração.


A cada vez que eu ouço esta música, e já ouvi quase milhares de vezes, esta frase me martela e faz pensar em todos estes amigos que me fazem sentir mais humano e me impulsionam para ser melhor. Eu sou uma pessoa muito privilegiada pela quantidade de amigos que tenho, alguns não vejo há tempos, outros estão distantes, uma parte ficou escondida na sombra do tempo, mas a cada vez que o sol da feliz oportunidade bate é como se nunca tivéssemos perdido o contato, e tudo volta a seguir seu fluxo de continuidade.


Mas no alto do meu coração, na torre da janela melhor localizada, a que recebe mais luz solar, está à janela do amor que quero para sempre junto, constante, construindo, dividindo, completando. Outras janelas continuarão abertas, mas é esta, panorâmica, ampla, destacada, valorizada, que quero ainda reservar para o meu maior de todos os meus amores.



Veja a letra e ouça a música em:

http://herminio-bello-de-carvalho.letras.terra.com.br/letras/708683/

11 comentários:

BASE ELETRÔNICA disse...

Sabes que sonhei com um por-do-sol lindo que eu admirava pela janela da minha sala, lindo como eu nunca tinha visto em nenhum sonho antes, fiquei lá vendo até os últimos segundos admirando a sua cor peculiar.....imagino que essa música seria a trilha sonóra mais apropriada para esses últimos segundos...
Imagino também que atrás de cada porta do nosso coração sempre vai ter uma janela com um lindo por-do-sol e que a mesma sempre dará vista para um lindo amanhecer!
Tu sabes bem quantas portas tem meu coração...

Diego Marulli disse...

Ótimo blog! Parábens.

Anônimo disse...

Concordo, tu sabes bem qtas portas e janelas existem em seu coração. Ayualize sempre, pois gosto do que escreves.
Sei que não vais publicar o que escrevi.
Somente para dar-lhe um oi!!!
NAMASTÊ

claudia q. disse...

Dissestes uma frase muito repetida por mim: "Eu sou uma pessoa muito privilegiada pela quantidade de amigos que tenho..." e tu sabes que fazes parte desse grupo de pessoas que guardo no meu coração.Beijão.

MaxReinert disse...

.... no fundo, no fundo..... um romântico!

...............................


PS: um pouco mais de..............
..................................
..................................

Anderson disse...

"... és o esparadrapo que não desgrudou de mim." ;-) Salve eles. Salve a Divina.

Roberta disse...

O coração é um Edifício COPAM!!!! (mesmo não o conhecendo hehehehe)
A gente abre loft's, duplex, kitnets... isso so vai fazer a gente crescer esse amor, distribuindo o que tem dentro de nós. Beijão.

R Lima disse...

Já havia por aqui passado antes e voltei para ver as novidades..

Boas novidades... belo texto.

E se me permite, nosso coração é sim de muitas portas e de muitos sentidos... basta a vazão q damos a cada uma delas..

Parabéns pelo seu blog e pelos seus pensamentos..

Abraços,





[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Magneiva K@ disse...

Muito lindo o que vc escreve, gosto de passar por aqui, sempre leio algo que me faz pensar na vida, no amor, nas pessoas, enfim...parabens.

akio disse...

parabens.
bonito.
emocionante.
auxiliador.
solitário.
ausente.

dougg disse...

uuuuuuuhhhhh!!!!